Mãe de Safadão e prefeito de Aracoiaba têm mandatos cassados e são declarados inelegíveis

A vice-prefeita de Aracoiaba e candidata a reeleição Maria Valmira Silva de Oliveira, a Dona Bill, foi julgada inelegível por 8 anos e teve o atual mandato cassado. A decisão da juíza eleitoral Cynthia Nóbrega Pereira F. Thomáz vale para a chapa e também atinge o atual prefeito Antônio Cláudio Pinheiro. Dona Bill também é conhecida por ser mãe e empresária do cantor Wesley Safadão.
Os dois foram denunciados por abuso de poder econômico e político pela coligação “Novas Ideias para Mudar”. Além de considerar a ação procedente, a juíza determinou “a remessa dos autos ao Ministério Público Eleitoral para instauração processo disciplinar e, se for o caso, de ação penal”, escreveu a magistrada na sentença publicada nesta quarta-feira (28) no Diário da Justiça.
Entretanto, a decisão é de primeira instância e ainda cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) e, se for o caso, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
A declaração de inelegibilidade da chapa e a cassação do mandato do prefeito e da vice foi baseada em atos considerados abusivos pela juíza. Eles incluem doações de veículos com recursos pessoais de Dona Bill, com divulgação no site oficial da Prefeitura Municipal de Aracoiaba e em programa de rádio durante entrevista com a vice-prefeita.
Houve também a autopromoção em site oficial da prefeitura, segundo a sentença. Os atos considerados abuso de poder econômico e político foram realizados entre janeiro e julho de 2016. Isso resultou “na quebra da igualdade entre os candidatos, prejudicando, sobremodo, a lisura do pleito”, escreveu a juíza.
A reportagem tentou ouvir a coligação “Governo do povo, pensando o Futuro”, dos candidatos a reeleição. Contudo, não houve contato até a publicação da matéria.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe