Pastor é morto durante culto religioso em Redenção; Seis já foram presos

O radialista e pastor Henrique Júnior de Morais foi assassinado na noite desta quarta-feira (21), em Antônio Diogo, distrito de Redenção, distante 55 quilômetros de Fortaleza.
Informações do 1º Batalhão de Polícia Militar (1ºBPM) de Redenção colocam que Henrique estava em um culto religioso, quando dois homens chegaram anunciando assalto. Logo em seguida, três tiros foram disparados contra o pastor, que faleceu no local, aos 49 anos.
Ainda de acordo com o BPM, o pastor não reagiu e os homens não levaram nada, o que levanta a hipótese de uma execução.

Seis presos
A Polícia agiu rápido e, poucas horas depois do assassinato, prendeu seis pessoas responsáveis pelo crime.
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), os seis presos estão sendo transferidos na manhã desta quinta-feira (22) para a Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) daPolícia Civil, no Bairro de Fátima, na Capital.
Os dois homens envolvidos na ação foram facilmente identificados e os policiais chegaram a mais quatro pessoas que participaram do homicídio em operação durante a madrugada desta quinta (22).
A suspeita inicial da Polícia é de que o crime tenha sido por execução, já que nenhum pertence do pastor foi levado após o anúncio do assalto.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe