TSE identifica 98 mil pessoas de baixa renda ou com ganhos incompatíveis que doaram para candidatos

A pouco menos de três dias para as eleições de domingo (2) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulga que foram identificadas 93 mil pessoas de baixa renda ou com ganhos incompatíveis às contribuições que fizeram para candidatos a prefeito e a vereador. De acordo com o último balanço do TSE, eles teriam doado R$ 300 milhões.
Segundo o tribunal, esses casos evidenciam suspeitas de que algumas campanhas utilizaram CPFs de cidadãos comuns para engordar o caixa de seus candidatos. O levantamento aponta para 22,4 mil inscritos no Bolsa Família que, supostamente, injetaram R$ 21,1 milhões para campanhas. 
Há ainda 46,7 mil desempregados que teriam contribuído com R$ 52 milhões. Balanço do TSE divulgado na semana passada mostrava que dois terços das supostas contribuições feitas por beneficiários do Bolsa Família referiam-se a estimativas.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe