Vereadores dizem já ter gasto R$ 2,1 mil para tentar reeleição

Em quase 30 dias de campanha, os vereadores de Santa Quitéria que tentam reeleição este ano declararam, até o momento, gastos de R$ 2,130 mil com a disputa.
Conforme dados extraídos do Divulgacand, sistema de divulgação de candidaturas da Justiça Eleitoral, dos 10 parlamentares que tentam retornar à Câmara Municipal, 08 ainda não declararam quanto já desembolsaram na campanha. Nesta eleição, os postulantes proporcionais podem gastar até R$ 44.286,47, conforme definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Pela nova legislação eleitoral, as doações recebidas e os gastos de campanhas, que constam na prestação de contas, devem ser informados a cada 72 horas à Justiça Eleitoral, contados do recebimento do crédito em conta corrente. Até as eleições de 2014, o financiamento de campanha era informado em três oportunidades: na primeira parcial, na segunda e na prestação de contas finais.

Cerinha (PDT) apontou R$ 950,00 em despesas contratadas, entretanto, não foram informadas quais as despesas.
Charles Padeiro (PPS) contratou despesas na ordem de R$ 1.180,00 para cessão/locação de veiculos, publicidade por carros de som e materiais impressos, serviços próprios prestados por terceiros e produção de jingles.
Os vereadores Diassis Có (PDT), Dr. Junior Araújo (PDT), Guedes Júnior (PSDC), Leôncio Muniz (PCdoB), Lino Paiva (PCdoB), Miúdo (PSB), Sônia Paiva (PSDB) e Zé Francisco (PMDB) não informaram, até o momento, seus gastos com campanha à Justiça Eleitoral.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe