Promotores da PROCAP cumprem mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Catunda

Promotores da PROCAP – Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública, órgão do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), que visa coibir e repreender crimes contra a administração pública nas prefeituras do estado, cumpriu nesta sexta-feira (14), mandados de busca e apreensão nas secretarias municipais, no gabinete e residência do prefeito de Catunda, Antônio Pereira Leitão, conhecido como Tony Jorge.
A ação contou com o apoio de policiais civis que durante a ação não permitiram a entrada de ninguém nas dependências da prefeitura. O principal alvo da ação é um suposto esquema de servidores “fantasmas” na gestão do prefeito Tony Jorge. Dentre os servidores estão parentes do gestor e da primeira dama Aubênia Leitão.
Informações dão conta que pessoas analfabetas estavam ocupando cargos que deveriam serem ocupados por pessoas instruídas. Chamou atenção a quantidade de pessoas lotadas em cargos temporários que não residem no município.
A operação foi batizada de “Operação Visagem” e teve os mandados expedidos pelo desembargador Raimundo Nonato Silva Santos. A operação em Catunda teve à frente a coordenadora da PROCAP, procuradora de Justiça Vanja Fontenele Pontes, e os promotores de Justiça Guilherme de Lima Soares, Régio Lima Vasconcelos e Ronald Fontenele.

Blog do Manuel Sales
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe