SSPDS vai acionar a Justiça sobre suspensão de boletins de ocorrência

Durante este fim de semana, as delegacias plantonistas do Estado suspenderam o registro de Boletins de Ocorrência. A orientação dada aos usuários era usar a Delegacia Eletrônica ou buscar uma instituição sem presos em suas carceragens. 
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou por meio de nota, na tarde deste domingo (16), que “qualquer paralisação dos serviços será comunicada à Justiça que determinou a ilegalidade da greve dos policiais civis”.
De acordo com o secretário adjunto da Pasta, coronel Lauro Carlos de Araújo Prado, os casos que chegarem ao conhecimento da Instituição de B.O.s que deixaram de ser registrados serão encaminhados à Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Ceará (CGD) para apuração das circunstâncias. 
O Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol-CE) foi procurado, neste domingo (16), para comentar as declarações da SSPDS, mas os representantes não atenderam as ligações.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe