Publicidade

Após afastamento de Renan, petista assume presidência do Senado

Com o afastamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), assume o comando do Senado, o primeiro vice-presidente Jorge Viana (PT-AC). 
A decisão de tirar Renan do posto foi tomada na tarde desta segunda-feira (5) pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que atendeu ao pedido da Rede Sustentabilidade e concedeu uma medida liminar (provisória). 
A deliberação foi tomada no âmbito de uma ação ajuizada pelo partido que pede que réus não possam estar na linha sucessória da Presidência da República.

Estadão Conteúdo
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe