Publicidade

Famílias de Santa Quitéria receberão kit de energia solar de baixa renda

Com o objetivo de dar acesso à energia de qualidade às muitas famílias da zona rural no Norte do Estado, levando-se em consideração a economia no consumo, a Enel Distribuição Ceará, empresa de distribuição e geração de energia elétrica com atuação em todo o Estado iniciou uma nova etapa dentro da universalização do uso de energia com o Projeto Energia Solar, que vai proporcionar energia elétrica, por meio de painéis solares a 73 famílias de baixa renda na região, distribuídas nos dez municípios listados.
Os municípios a serem atendidos com a alternativa são Martinópole, Poranga, Santa Quitéria, Itarema, Ipu, Caridade, Canindé, Crateús e Independência.
O projeto, que já instalou kits em 18 residências de Granja e Martinópole, conta com investimentos de cerca de R$ 2,2 mi. Os kits têm capacidade de geração de até 80 kWh, por mês, para cada residência. O custo de instalação gira em torno de R$ 30 mil por unidade consumidora.
"Essas famílias são remanescentes do Luz para Todos, iniciado no Estado em 2004, que universalizou, desde 2010, a rede elétrica no Ceará. São moradoras de locais isolados, de difícil acesso, onde a instalação de energia convencional, por meio de postes, era inviável economicamente; por isso, não foram atendidos naquele momento. Agora têm essa alternativa", disse Segundo Socorro Pontes, responsável, na Enel, pelas obras e projetos de baixa tensão no Ceará.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe