Marcelo Odebrecht confirma pagamento de R$ 10 milhões a pedido de Temer

O ex-presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht confirmou à Lava Jato o pagamento de R$ 10 milhões feito ao PMDB a pedido do presidente Michel Temer. A afirmação confirma a versão dada na delação do ex-executivo da empresa Cláudio Melo Filho. A informação é da Folha de São Paulo. 
Marcelo depôs na segunda-feira (13) por mais de três horas em Curitiba e confirmou o jantar ocorrido no Palácio do Jaburu em maio de 2014 com a presença do então vice-presidente Temer e do hoje ministro da Casa Civil Eliseu Padilha. Na ocasião, de acordo com os delatores, foi acertada a entrega dos R$ 10 milhões para a campanha do PMDB.
Os detalhes sobre a operação, entretanto, não foram colhidos no depoimento do empresário, mas Melo Filho já havia declarado que foi Padilha quem pediu que parte do valor fosse entregue no escritório do assessor e amigo de Temer, José Yunes, em São Paulo.
Temer, Padilha e Yunes negaram ter praticado as irregularidades e a empreiteira não se manifestou sobre os acordos de delação.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe