Marina Silva lidera em todos os cenários do segundo turno; Temer tem maior rejeição

A ex-senadora Marina Silva (Rede) lidera em todos os cenários propostos por pesquisa do Instituto Datafolha  no segundo turno para a eleição presidencial de 2018. As informações são da Folha de S. Paulo.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria o primeiro turno, de acordo com a pesquisa, em todos os cenários, quando colocados os tucanos Aécio Neves (PSDB-MG), Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e José Serra (PSDB-SP), mas seria Marina Silva quem disputaria o segundo turno com o petista. 
O presidente Michel Temer pontua 4% no primeiro turno em todos os cenários com os candidatos tucanos. 
Nos cenários em que Lula disputa com os tucanos no segundo turno, o quadro é de empate técnico, apesar de o petista aparecer com números superiores a frente. Contra Aécio (38% a 34%), contra Alckmin (38% a 34%) e contra Serra (37% a 35%). 
Marina, entretanto, vence em todos os cenários avaliados pelo Datafolha. Contra Lula (43% a 34%), contra Aécio (47% a 25%), contra Alckmin (48% a 25%) e contra Serra (47% a 27%).
Em uma das simulações de primeiro turno, no qual estaria na disputa o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela primeira instância da Lava Jato, Marina empata numericamente com ele, sendo 11% para cada um.

Rejeição
A pesquisa Datafolha também aponta o nome dos possíveis candidatos que teriam maior rejeição caso disputassem o pleito em 2018. O presidente Michel Temer lidera o ranking com uma taxa de rejeição de 45% dos entrevistados. Lula vem logo atrás com 44% e Aécio com 30%. Eles são seguidos por Serra (20%), Bolsonaro (18%), Alckmin (17%) e Marina (15%). 
Roberto Justus também figura no ranking com taxa de rejeição de 14%, assim como Ciro (13%), Luciana Genro (11%), Ronaldo Caiado (9%) e o juiz federal Sérgio Moro (9%).
A pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 7 e 8 de dezembro com 2.828 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe