Publicidade

Mesmo preso, Robert Viana é diplomado e poderá administrar Mulungu

O prefeito eleito de Mulungu, Robert Viana (PMN), mesmo preso na sede da Polícia Federal em Fortaleza, o foi diplomado, por meio de uma procuração que deu poderes a seu advogado para representá-lo no ato.
Robert foi diplomado no último dia 7 de dezembro, no mesmo dia em que ele foi preso em uma operação da Polícia Federal, com apoio da Controladoria Geral da União (CGU). A prisão seria para evitar que Robert conseguisse foro privilegiado.
De acordo com o  procurador de Justiça no Ceará Ricardo Rocha, como Robert Viana não está sendo investigado por atos cometidos no exercício do mandato, mesmo preso, ele pode administrar o município pelos próximos quatro anos.
O prefeito Robert Viana foi preso na Operação Três Climas. Ele é suspeito de cometer fraudes no serviço de transporte escolar em três outros municípios: Ocara, Itapipoca e Pacajus. Além dele, um ex-secretário e três secretários de educação de prefeituras do interior do estado também foram presos.
De acordo com a Polícia Federal, somente uma das empresas contratadas pelas três prefeituras superfaturou os serviços de transporte escolar em mais de R$ 10 milhões. Os contratos sob suspeita foram celebrados entre 2012 e 2015. Os crimes investigados são de peculato, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude em licitação, dispensa indevida de licitações , associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Ceará Agora
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe