Ministro pede vistas e julgamento do recurso de Tomás Figueiredo é novamente adiado

O Tribunal Superior Eleitoral colocou novamente para a pauta ontem (15), o julgamento final do recurso que impugnou a candidatura do prefeito eleito nas urnas Tomás Figueiredo (PMDB).
O agravo regimental já vem se arrastando com adiamentos há algumas sessões, desde o pedido de vistas do ministro Napoleão Nunes Maia Filho, em novembro.
Apesar de já ter votado por negar seguimento ao recurso, na sessão de ontem, o ministro Herman Benjamin pediu vistas do processo.
Vale ressaltar que o TSE terá ainda mais duas sessões para julgar o recurso: hoje, desde às 9h e segunda (19), às 12h.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe