Noiva que seguia para casamento morre em queda de helicóptero

O helicóptero que caiu na tarde deste domingo em São Lourenço da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo, levava uma noiva ao seu casamento. Ela acabou morrendo no acidente junto com o irmão, uma fotógrafa que estava grávida e o piloto da aeronave, segundo informações publicados pelo jornal O Estado de S. Paulo.
O helicóptero seguia para o Sítio Recanto Beija-Flor, em São Lourenço, onde ocorreria o casamento, e caiu por volta das 16h, horário em que estava agendado o início da celebração.
De acordo com Carlos Eduardo Baptista, dono do sítio, a noiva pretendia fazer uma surpresa para o noivo ao chegar de helicóptero. “Ela e o irmão estavam muito animados, queriam que fosse uma surpresa para todos.” Ainda segundo Baptista, a festa de casamento tinha cerca de 300 convidados e todos já esperavam pela noiva para o início da cerimônia.
“Trabalho com festas há mais de 30 anos e, quando as noivas decidem vir de helicóptero, são comuns alguns imprevistos como atrasos ou cancelamentos por causa do tempo. Mas, dessa vez, como atrasaram e ninguém da empresa me avisou, eu fiquei desesperado e liguei para a polícia, para os bombeiros”, contou.
O acidente ocorreu a cerca de 2 quilômetros do local do casamento, disse o dono do sítio. “A família está sem chão. Todos esperavam um dia de alegria e se transformou numa tragédia”, disse.

MSN
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe