Nordeste tem 45% de chances de chuvas abaixo da média em 2017

O verão de 2017 deve ser de chuvas abaixo da média histórica na Região Nordeste, principalmente no semiárido nordestino, onde o Ceará está situado, conforme pesquisa divulgada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
A previsão climática sazonal por consenso para o trimestre - janeiro a março de 2017 (JFM/2017) - indica que há probabilidade de 20% de chuvas acima da faixa normal climatológica, 35% dentro e 45% abaixo da média.
A causa do fenômeno seria o aquecimento das águas do Atlântico Tropical Norte, que se encontram acaloradas e afetam a precipitação do Nordeste, ocasionando menos chuvas na região. O estudo também aponta para temperaturas acima da média para a Região no mesmo período.
A previsão nacional foi elaborada em reunião climática realizada no Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), no último dia 16 de dezembro, em Cachoeira Paulista (SP), com a participação de pesquisadores e tecnologistas de diversos órgãos.
A medição por consenso é baseada na análise das condições diagnósticas oceânicas e atmosféricas globais e de modelos dinâmicos e estatísticos de previsão climática sazonal fornecidos por institutos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Funceme: prognóstico só na 1ª quinzena de janeiro 
A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) não quis se pronunciar sobre o levantamento e afirmou que o prognóstico das chuvas para 2017 deverá ser apresentado por volta da primeira quinzena de janeiro.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe