2º vereador eleito toma posse algemado com uniforme de preso

No município de Ubaitaba, no sul da Bahia, o vereador Messias Aguiar (PMDB), sorrindo, tomou posse na Câmara Municipal da cidade nessa sexta-feira (13) com uma das mãos algemadas e com paletó cobrindo o uniforme de presidiário. Ele foi preso com 270 kg de cocaína no dia posterior à sua eleição. No pleito, recebeu 571 votos, o que lhe rendeu a segunda colocação nos mais votados de Ubaitaba. Com informações do portal G1.
O vereador foi levado à posse por uma viatura da Polícia Militar. Ele riu para a população, que gritava o nome dele e o aplaudia. "Eu, eu, eu, Messias apareceu", cantava a população.
Após a cerimônia, Messias voltou sob escolta para o Conjunto Penal de Valença. Enquanto era colocado dentro da viatura, o povo acenou para o vereador. "Foi uma recepção muito bacana. A presença dele teve uma repercussão muito boa, graças a Deus. Ele é uma vítima e vai ser absolvido", afirmou o advogado Rogério Andrade.
A posse deveria ter ocorrido no dia 5 de janeiro, data em que ele foi diplomado através de uma procuração autorizada pela Justiça Eleitoral. O prazo para posse de Messias seria encerrado no domingo (15), o que faria com que o suplente ocupasse sua vaga. 
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, o vereador recém-eleito teve a campanha financiada pelo tráfico de drogas da região. “Há informações de que toda a campanha tenha sido financiada pelo tráfico local”, afirmou o delegado Evy Patemostro, que comanda a região.

Minas Gerais
No início do ano, o vereador reeleito do município de Caratinga, em Minas Gerais, Ronilson Marcílio Alves (PTB) também chegou à Câmara da cidade algemado para ser empossado. O vereador chegou à sede do Legislativo vestindo um uniforme do sistema prisional. Ele é acusado de extorsão contra um padre e o caso segue em segredo de Justiça.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe