Publicidade

Vereador preso toma posse em Itapiúna e recebe apoio da população

Cercado por eleitores e escoltado por policiais militares, o vereador Francisco Alberto Leite Barros Filho (PDT) deixou a Câmara Municipal de Itapiúna, a 110 quilômetros de Fortaleza, após tomar posse, e retornou à cadeia da Cidade. Albertin, como é conhecido, está preso desde 4 de novembro do ano passado sob acusação de matar adversário político no dia do primeiro turno das últimas eleições, em 2 de outubro. Ele assume terceiro mandato sendo o vereador mais votado. Contudo, deve pedir licença das funções amanhã. É que o parlamentar não recebeu autorização para ser conduzido às reuniões da Casa enquanto cumprir prisão preventiva.
A assinatura do termo de posse ocorreu por volta de 9 horas de ontem. A sala principal da Casa foi ocupada por cerca de cem apoiadores do pedetista. Eles carregavam cartazes com frases de apoio, gritavam pedidos de liberdade e rezavam. Com a sala cheia e a falta de espaço, maior parte da multidão sequer conseguiu chegar à cerimônia. Muitos ficaram em ruas próximas, observando a chegada e a espera da saída do parlamentar.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe