Em votação folgada, Eunício Oliveira é eleito presidente do Senado Federal

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) foi eleito, na tarde desta quarta-feira (1º), o novo presidente do Senado Federal para o biênio 2017-2018. Eunício foi indicado candidato, por aclamação, pelo PMDB, partido com a maior bancada da Casa, e obteve 61 votos em votação no plenário. Eunício disputou a presidência com o senador José Medeiros (PSD-MT). No discurso de agradecimento, o novo presidente do Senado e do Congresso Nacional pediu união para garantir a superação dos problemas e desafios enfrentados pela sociedade brasileira.
“Uma organização só prospera quando há união, quando há entendimento, quando há consensos que conduzam todos a um objetivo em comum. E nós vivemos pelo entendimento, vivemos pelo consenso aqui no Congresso Nacional, o coração da democracia. O Congresso é a Casa do povo, da Federação, da República – os patrões mais exigentes a quem todos devemos o melhor de nós mesmos”, enfatizou Eunício.
O recém-eleito presidente do Senado destacou a importância do Parlamento na busca de um diálogo coletivo para assegurar o retorno do crescimento e do desenvolvimento do Brasil.
“Cabe a esta Casa a missão de, nesse momento, colaborar no esforço de unir o país em torno de um projeto comum de desenvolvimento e de resgatar a confiança da sociedade. A confiança em nossas instituições só será conquistada com a retomada do diálogo entre governo, partidos, entidades sindicais, empresários e sociedade civil organizada. É o Parlamento que representa a supremacia do poder da palavra sobre o poder da força, do diálogo sobre o monólogo e da democracia sobre o autoritarismo”, acrescentou Eunício.



Agradecimentos
O presidente do Senado agradeceu ao presidente da República, Michel Temer, que, segundo ele, demonstrou “conduta republicana a altura de um chefe do Poder Executivo”. Eunício também fez um agradecimento ao povo do Ceará, aos demais senadores e à família. O parlamentar lembrou que espera contar com a participação e ajuda de todos na gestão da Casa.
“Serei apenas o líder de um processo democrático que começa com a presidência, se prolonga na Mesa Diretora e chega ao ápice no Plenário, com a participação de todos os senadores. Agradeço à minha família, a minha mulher, com quem hoje completo 37 anos de casado, filhos, irmãos, genros e netos pela paciência, apoio e confiança. Homem de fé que sou, agradeço a Deus pelo destino que ele me reservou, com a certeza de que me iluminará para que eu possa fazer o melhor para o Brasil”, encerrou.
Eunício Oliveira é senador desde 2011, foi líder do PMDB no Senado, ministro das Comunicações (2004-2005) e deputado federal (1998-2010).
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe