TRE cassa mandato de Luiz Fernando Pezão, governador do Rio

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) decidiu nesta quinta-feira (8) pela cassação do mandato da chapa do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, além de seu vice, Francisco Dornelles. Segundo o entendimento do Tribunal, houve abuso de poder econômico e político por parte dos políticos, que ficarão inelegíveis por oito anos. O órgão determinou a realização de eleições diretas no Estado.
Pezão e Dornelles ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até que o recurso seja julgado, o governador e vice podem permanecer no cargo. Pezão afirmou que vai interpor recurso à decisão.
De acordo com o TRE, "o governo do Rio concedeu benefícios financeiros a empresas como contrapartida a posteriores doações para a campanha do então candidato Pezão e de seu vice".
"Restou comprovado que contratos administrativos milionários foram celebrados em troca de doação de campanha", afirmou um dos membros da Corte, desembargador eleitoral Marco Couto, em seu voto.
A decisão também torna Pezão e Dornelles inelegíveis por oito anos.
"Quando for publicada a decisão, o governador Luiz Fernando Pezão e o vice-governador Francisco Dornelles vão entrar com recurso no Tribunal Superior Eleitoral", afirmou o governo em nota.

Folhapress
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe