Deputado pede ressarcimento até pela compra de dois pãezinhos de queijo

A crise financeira que o país atravessa parece ter chegado até mesmo nos parlamentares federais, apesar do salário. Enquanto alguns ressarcimentos de despesas pela verba indenizatória da Câmara e do Senado chegaram a R$ 184,5 mil em um única nota fiscal, o deputado Afonso Motta (PDT-RS) não abriu mão nem mesmo de ser ressarcido pela compra de dois pãezinhos de queijo. Mas o cupom fiscal de R$ 1,00 não é a única curiosidade na utilização do cotão.
A deputada Luciana Santos (PCdoB-PE) pediu ressarcimento de 604 abastecimentos feitos por seu gabinete ao longo de 2016, uma média de 1,65 abastecimentos por dia, já considerando feriados e finais de semana. Diego Garcia, deputado federal do PHS pelo Paraná, que foi ressarcido em R$ 497 mil no ano passado, apresentou à Casa nada menos que 2.284 notas, uma média superior a seis notas a cada um dos 365 dias do ano.

Congresso em Foco
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe