Publicidade

Orientações da Defesa Civil para o alerta de vendaval no Ceará


Em risco ou ocorrência de inundação, enxurrada ou alagamento
- Siga as orientações de emergência da sua comunidade;
- Desligue a chave geral de energia e feche o registro de água;
- Mantenha documentos pessoais, objetos de valor, produtos de limpeza e alimentos em local protegido, longe do alcance das águas;
- Leve o lixo para uma área fora do alcance da água;
- Não deixe crianças brincando nas águas das ruas ou mananciais, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou contaminar-se, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose;
- Não deixe crianças trancadas em casa sozinhas;
- Mantenha sempre pronta água potável, roupa e remédios, caso tenha que sair rápido da sua casa;
- Tenha um lugar seguro previsto (abrigo público, casa de parentes ou amigos), onde você e sua família possam se abrigar/alojar se tiver que sair de casa;
- Conheça o Centro de Saúde mais próximo da sua casa;
- Retire do quintal os móveis e utensílios que possam ser carregados pelas águas;
- Convença as pessoas que moram nas áreas de alto risco a saírem de casa durante as fortes chuvas;
- Não atravesse áreas com correnteza de água, pois poderá ser arrastado, mesmo se estiver de carro.
- Caso precise passar com o veículo automotor por uma área alagada, mantenha distância do veículo à frente, avance em baixa velocidade, mantendo o motor sempre acelerado e acima do nível da água. Se o carro enguiçar, abandone o veículo.
- Avise imediatamente ao Corpo de Bombeiros Militar (fone 193) e ao órgão municipal de proteção e defesa civil (Em Fortaleza, ligue 190. Em outros municípios, acesse o contato AQUI) sobre as áreas afetadas pela inundação e solicite o auxílio necessário. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (fone 199 ou 85 98899-1128) também pode ser acionada para prestar apoio ao órgão municipal de proteção e defesa civil.

Após a inundação
- Veja se sua casa não corre o risco de desabar, faça essa análise durante o dia, quando há maior luminosidade. Observe se há trincas nas paredes, emperramento de portas e janelas, bem como rachaduras no solo;
- Raspe toda a lama e o lixo do chão, das paredes, dos móveis e utensílios e coloque o material a ser descartado para a limpeza pública;
- Lave e desinfete as paredes e os objetos que tiveram contato com as águas da inundação (pode-se usar 1 litro de água sanitária para cada 5 litros de água);
- Cuidado com os animais venenosos ao movimentar objetos, móveis e utensílios;
- Certifique-se de que não há fios desencapados antes de religar a eletricidade;
- Não beba água ou coma alimentos que tiveram contato com as águas da inundação.

Em risco ou ocorrência de queda de árvore
- Isole a área de risco de queda da árvore;
- Se a árvore em risco está em área pública, acione a Prefeitura Municipal para realizar a poda ou o corte.
- Se a árvore em risco está próxima ou em contato com a fiação elétrica, acione a Enel, que atende pelo fone 0800 2850196;
- Se a árvore em risco está em área privada, solicite avaliação da Prefeitura Municipal e orientações para a poda ou o corte;
- Se ocorreu a queda da árvore, resultando em vítimas presas, ou a queda da árvore é iminente, podendo causar danos humanos ou ao patrimônio, acione o Corpo de Bombeiros Militar, que atende pelo fone 193.

Em risco ou ocorrência de deslizamento
- Construa calhas e canaletas para escoamento da água da chuva;
- Providencie a colocação de lonas plásticas nas barreiras para dificultar a infiltração da água no solo;
- Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas, inclinação de tronco de árvores, de postes e o surgimento de minas d’água, saia de casa imediatamente e avise ao Corpo de Bombeiros Militar (fone 193) e ao órgão municipal de proteção e defesa civil (Em Fortaleza, ligue 190. Em outros municípios, acesse o contato AQUI) sobre as áreas afetadas pela inundação e solicite o auxílio necessário. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (fone 199 ou 85 98899-1128) também pode ser acionada para prestar apoio ao órgão municipal de proteção e defesa civil.

Após o deslizamento
- Afaste-se e colabore para que curiosos mantenham-se afastados do local do deslizamento; poderão ocorrer novos deslizamentos;
- Não permita que crianças e parentes entrem no local do deslizamento;
- Siga as orientações do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe