Publicidade

STF, Câmara, Senado e Presidência estão indo as compras

Carros limpos
A Câmara dos Deputados empenhou R$ 13,2 mil para a prestação de serviços de manutenção e assistência técnica em equipamentos de higienização de veículos da Casa. O valor vai atender despesas de 6 de abril a 31 de dezembro de 2017.

Clima garantido
O Senado Federal, por sua vez, vai destinar R$ 1,3 milhão para manutenção do sistema central de ar condicionado. O valor inclui mão de obra para operação e manutenção prioritária e emergencial, e cargos de supervisão.

Recepção
A Presidência da República reservou R$ 34,4 mil para a prestação de serviços de recepção e atendimento ao público, com 12 recepcionistas e um encarregado. A empresa contratada foi a Recrutare Administração e Serviços.

Higienização de livros e de documentos
O Supremo Tribunal Federal (STF) reservou R$ 181,8 mil para a prestação de serviços de higienização e conservação de livros e de documentos que compõem o acervo de Tribunal. A Corte também vai destinar R$ 19,2 mil para a prestação de serviços de manutenção e adaptação de cortinas motorizadas do tipo “rolô”.

Energia
O STF ainda empenhou R$ 664,9 mil para a contratação de empresa para prestação de serviços de engenharia para adequação da infraestrutura de energia elétrica do edifício anexo II da Corte. O valor inclui o fornecimento e instalação de materiais e equipamentos, serviços de construção civil, elétricos e outros.

Na Câmara
Já a Câmara dos Deputados empenhou R$ 6,8 mil para a garantia de funcionamento com manutenção preventiva e corretiva em sistema de geração de emergência móvel. O valor vai atender despesas até 31 de dezembro deste ano. O pedido foi realizado pelo Departamento de Tecnologia da Casa.

Tudo OK!?
O levantamento é do portal Contas Abertas. A publicação ressalta que, em princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas.
A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas.

Contas Abertas
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe