Membros do MST ocupam sede do Incra

A sede do Instituto de Colonização e Reforma Agraria (Incra) foi ocupada por 800 trabalhadores do Movimento Sem Terra (MST), na madrugada desta segunda-feira (17). Membros do movimento foram recebidos pelo Superintendente do Incra, Marcos Cals. A reunião segue em andamento. A ação faz parte da jornada nacional de luta pela reforma agrária. 
Na mesma data é marcado o "Dia Internacional da Luta Camponesa" que simboliza o massacre de Eldorado dos Carajás no Pará, onde foram mortos 21 sem terra, em conflito da luta pela terra. 
Conforme a direção do movimento, eles reivindicam a desapropriação de terras para assentar mais de 2 mil famílias em todo o Ceará. Os trabalhadores também lutam pela não titulação dos assentamentos, a retirada da MP 759, a não reforma da previdência e anão a terceirização.       
Os membros do movimentos devem ficar acampados no Instituto até conseguir uma audiência com o Governo do Estado do Ceará e demais Pastas.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe