Seis suspeitos são presos por ataques a veículos na Capital e RMF

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social informou, em nota, que cinco homens e uma mulher foram presos na noite desta quarta-feira, por suspeita de envolvimento nos incêndios criminosos contra carros e ônibus na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
As investigações sobre os ataques estão sendo feitas pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará.
Fábio Tomé de Souza, 18 anos, já responde por tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo. O suspeito, que estava armado, foi preso pelo Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), na manhã desta quarta-feira, 19, no bairro José Walter, em Fortaleza, e autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, ameaça e organização criminosa.
No início desta tarde, um segundo homem foi ouvido, onde foi realizado um boletim de ocorrência e, em seguida, foi liberado. Um terceiro suspeito deu entrada em uma unidade de saúde apresentando queimaduras e está sob custódia policial. Sua companheira foi conduzida a uma unidade da Polícia Civil para ser ouvida.
Um quarto homem foi preso por uma equipe do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) da PM, no bairro Edson Queiroz, e foi também foi conduzido para a Draco. Mais dois suspeitos, totalizando seis até o momento, foram detidos no início da noite, em Horizonte. 
Conforme a SSPDS, 16 coletivos foram incendiados, sendo doze nos bairros Barroso (1), Jangurussu (2), Édson Queiroz (3), Barra do Ceará (1), Siqueira (1), Conjunto Palmeiras (2), Parque Dois Irmãos (1) e Aerolândia (1), em Fortaleza, e quatro nas cidades da RMF, em Maracanaú, Horizonte, Eusébio e Pacajus.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe