Marcelo Mota libera OAB/CE para investigar “eventuais crimes” de Cid

O presidente da OAB/CE, Marcelo Mota, revelou ao Observatório da OAB que, nessa quarta-feira (24), expediu “portaria designando três conselheiros da OAB/CE para uma criteriosa análise de eventuais crimes praticados por representantes do povo cearense, mencionados pela JBS”.
Em delação à Operação Lava Jato, um dos donos da JBS, Wesley Batista, acusou Cid Gomes de ter pedido R$ 20 milhões em propina para serem usados na campanha de 2014. Segundo o empresário, esse valor só seria negociado após o ex-governador pagar R$ 110 milhões que devia à companhia, por meio do Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI).
A ação de Marcelo veio depois que advogados e a sociedade o pressionaram para agir no âmbito estadual, com a mesma rapidez que foi favorável à abertura de processo de impeachment contra Michel Temer.

Ceará News 7
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe