Michel Temer diz que é "vítima de conspiração"

Após a divulgação de que foi gravado pelo empresário Joesley Batista, no âmbito da Operação Lava Jato, em que aparece dando aval para pagamento de dinheiro para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, o presidente Michel Temer disse que é "vítima de conspiração". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. 
Frase foi dita a senadores que o visitaram na manhã de hoje, porém não foram apontados os autores. De acordo com interlocutores, o peemedebista repetiu mais de uma vez que "está firme" no cargo, afirmando: "não vou cair". 
De acordo com parlamentares presentes no encontro, Temer não mencionou o nome do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), que foi alvo da operação deflagrada hoje.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe