No Ceará, mais da metade do público-alvo ainda não se vacinou contra a gripe

A pouco mais de uma semana do término da 19ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, balanço do Ministério da Saúde mostra que, até esta quarta (17), apenas 1 milhão pessoas se vacinaram no estado do Ceará, ou seja, 46,88% do público-alvo, que é de 1,8 milhão de pessoas.
O público-alvo da campanha é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

Balanço
No estado do Ceará, a adesão do público-alvo está em 43,82% entre as crianças; 48,39% trabalhadores de saúde; 51,34% gestantes; 50% puérperas; 39,6% indígenas; 47,6% idosos; e 48,31% entre os professores.
A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, considera de fundamental importância que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas no inverno, quando os vírus da Influenza começam a circular com maior intensidade. “A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada, por isso é necessário que as pessoas, integrantes do público-alvo, se conscientizem e procurem os postos de saúde para se vacinarem antes do período de inverno”, aconselhou a coordenadora.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe