Publicidade

Quixeramobim vira palco de passeata de marginais contra ação do Batalhão Raio

A cidade de Quixeramobim, no Sertão Central do Ceará (a 201Km de Fortaleza), foi palco de uma manifestação bizarra. Jovens que seriam envolvidos em crimes na região foram às ruas protestar contra a ação da Polícia. O “alvo” dos manifestantes foi o Batalhão de Rondas Intensivas e Ostensivas, o BPRaio, grupo de elite da PM campeão em apreensão de armas de fogo e prisões.
Incomodados com a atuação constante e rígida dos homens do Raio, os manifestantes vestiram camisetas, alugaram um carro de som e saíram às ruas num misto de passeata e carreata. Era um grupo pequeno, com cerca de 40 pessoas, no máximo, a maioria em motocicletas. Em uma faixa, escreveram: “Não somos saco de pancada do Raio”.
A reação dos cidadãos de bem nas redes sociais foi de reprovação. Muitos chegaram a proferir insultos aos manifestantes, outros parabenizaram a ação atuante do BPRaio contra o crime na cidade e até pediram mais operações.



Fernando Ribeiro
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe