Tasso aciona Polícia Legislativa sobre sessão da CAE e é chamado de coronel

Uma semana após a polêmica sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que discutia a Reforma Trabalhista, o clima voltou a esquentar nesta terça-feira (30), agora no plenário da Casa.
Durante a discussão sobre a aprovação da PEC que dá autonomia aos tribunais de contas, o senador Tasso Jereissati, presidente da CAE, utilizou a tribuna para apresentar defesa contra a oposição, que declarou irregularidades na leitura do relatório da Reforma Política.
Tasso informou que encaminhou à Secretaria de Polícia Legislativa, questionamento sobre os atos praticados na tumultuada sessão realizada no último dia 22 de maio.
A declaração de Tasso alterou os ânimos dos senadores petistas Gleisi Hoffmann e Lindebergh Farias, que chegou a questionar a presidência do senador cearense, classificando-o de ‘coronel’.


Ceará News 7
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe