Trecho da delação de Joesley revela que Temer começou a receber propina em 2010

Um trecho do documento que registra a delação do empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, publicado pelo site ‘O Antagonista’, afirma que o presidente Michel Temer (PMDB) recebeu propina de 2010 a 2015.
Além disso, no relato de Joesley há afirmações que Temer receber oferta de pagamentos indevidos correspondentes a 5% dos negócios da empresa no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Essa ‘troca de favores’ teria acontecido ainda em 2017.
Em 2010, segundo o documento, Temer recebeu inicialmente R$ 3 milhões. Nos anos seguintes, os pagamentos continuaram com frequência. Em um dos repasses, Temer, diz o registro, pediu R$ 300 mil para pagar ações de marketing para conter críticas envolvendo seu nome.

Vejo documento completo:

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe