Manifestante se amarra em placa no jardim do TSE e diz que só sairá quando dali quando Temer for cassado

André Rhouglas (56), mineiro de Ponta Nova, faz um protesto inusitado nesta quinta-feira, em Brasília: amarrou-se à placa do Tribunal Superior Eleitoral, onde ocorre o julgamento da chapa Dilma-Temer.
Ele disse para o repórter Igor Maciel, do Jornal do Commercio, que só sairá de lá depois que o presidente Michel Temer fosse cassado.
Ano passado, segundo informações do JC, André carregou uma cruz nas costas para protestar contra a posse de Dilma Rousseff, em 2011. Ele também esteve em Brasília em 2015.
A Polícia acompanha o protesto isolado do mineiro.

iG
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe