Petrobras poderá reajustar preços de gasolina e diesel até diariamente

Para tentar coibir importações de combustíveis, a Petrobras poderá promover reajustes diários nos preços de venda de suas refinarias, segundo a nova política de preços anunciada nesta sexta-feira (30).
A política tem por objetivo ampliar a frequência dos reajustes, que vinham sendo realizados, em média, uma vez por mês.
De acordo com comunicado divulgado nesta sexta (30), a área técnica da companhia "terá delegação para realizar ajustes nos preços a qualquer momento, inclusive diariamente", desde que o percentual não ultrapasse 7%, para cima ou para baixo.
Variações superiores a essa precisam ser aprovadas pelo grupo executivo que avalia os preços dos combustíveis.
Este ano, as refinarias da estatal atingiram o menor volume de produção desde a crise do final da década passada, com o aumento das importações por terceiros.
Segundo a empresa, a política "permitirá maior aderência dos preços do mercado doméstico ao mercado internacional no curto prazo e possibilitará a companhia a competir de maneira mais ágil e eficiente".

Folhapress
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe