Presídio de segurança máxima será construído pelo Estado

Diante da crise instalada no Sistema Penitenciário cearense, com a recorrência de rebeliões, fugas e descobertas de túneis, o governador Camilo Santana anunciou um projeto para a criação de um presídio de segurança máxima estadual no Ceará. "Tomei a decisão de construir um presídio de segurança máxima estadual. Não vai ser federal. O projeto está lá no Ministério da Justiça, para avaliação, para eu começar a licitação. A minha decisão é que vou fazer o presídio para garantir mais tranquilidade para os nossos presos aqui no Estado do Ceará", revelou o governante, durante um bate-papo ao vivo com a população na rede social Facebook, ontem, sem divulgar detalhes da iniciativa.
O projeto foi antecipado pelo Diário do Nordeste, em reportagem sobre os veículos apreendidos pela Polícia Federal (PF) que passarão por uma alienação antecipada. O dinheiro conseguido com o leilão destes veículos poderá ser destinado à construção da penitenciária de segurança máxima estadual. Na ocasião, a titular da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), Socorro França, afirmou sobre projeto em andamento. "O Governo do Estado tem um projeto para a construção de uma penitenciária de segurança máxima para 120 detentos, que já foi encaminhado ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen)", completou a secretária.
Se o projeto for concretizado, será a primeira penitenciária de alta segurança do Ceará. A Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, inaugurada no município de Pacatuba, em 2011, tinha o projeto de ser uma unidade de segurança máxima, mas não seguiu critérios para receber a classificação e ficou como penitenciária de segurança média.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe