Rodrigo Janot deve ser alvo de retaliações após deixar comando da PGR

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi informado por um amigo de que está sendo preparada uma ofensiva jurídica contra ele após setembro de 2017, quando deixará o cargo de PGR.
Políticos prejudicados por investigações por ele lideradas pretenderiam, segundo este amigo, processar Janot em diferentes frentes.
A informação é do colunista do O Globo, Lauro Jardim.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe