Temer manda 'enterrar' proposta de FGTS bancar seguro-desemprego

O presidente Michel Temer anunciou que mandou enterrar a proposta de usar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar o seguro-desemprego.
A ideia, estudada pela equipe econômica, previa a retenção de parte do saldo da conta vinculada ao FGTS e da multa de 40% nas demissões sem justa causa.
A decisão de Temer foi comunicada nesse domingo (25) ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante reunião no Palácio da Alvorada, com outros seis ministros.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe