Após dois anos, cão ainda "espera" dono que morreu em hospital

Um cachorro conhecido como Negão "espera" há dois anos por seu dono que morreu em novembro de 2015 no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú (SC).
De acordo com o G1, Negão chegou ao hospital seguindo a ambulância que transportou seu dono, um morador de rua, que acabou falecendo.
Até hoje, o cachorro ainda corre para a porta do pronto-socorro toda vez que ouve uma ambulância se aproximar.
Segundo a reportagem, funcionários da unidade de saúde trocam sua água diariamente e uma ONG doa sua ração.
"É bom que ele fica livre, corre, está sendo bem cuidado. Todo mundo aqui cuida um pouquinho dele", diz a funcionária Andréa Luíza Bortolon.

Notícias ao Minuto
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe