Publicidade

Camilo é um dos 3 governadores do PT com "cacife" para ser presidenciável, diz Lula

Uma semana depois de ser condenado pelo juiz Sergio Moro, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva deu, nesta quinta-feira (12), sua mais longa entrevista  à Folha de S.Paulo. Na conversa, o petista citou Camilo Santana como um dos governadores da sigla que tem "cacife" para ser presidenciável. 
Lula falou sobre o cenário das eleições de 2018 caso sua candidatura - lançada pelo PT no dia seguinte à condenação - seja barrada em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal.

Camilo integra lista viável de três de governadores do PT 
Questionado sobre quais nomes no partido enxerga como viáveis para a disputa, Lula respondeu que a sigla tem "governadores em três Estados importantes, que têm cacife para ser candidatos". São eles:
  • Camilo Santana, no Ceará
  • Fernando Pimentel, em Minas Gerais;
  • Rui Costa, na Bahia.

Apesar do PT ter cinco governadores hoje, Lula não citou os gestores do Acre (Tião Viana) e do Piauí (Wellington Dias).

Haddad é maior aposta
O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad pareceu ser a maior aposta de Lula, segundo a Folha, que em dois momentos citou como opção. "O Haddad pode ser uma personalidade importante se se dispuser a percorrer o País. Já me reuni com ele e falei: 'Você tem que botar o pé na estrada e falar o que você fez pela Educação", afirmou o líder petista.
Antes, durante essa mesma entrevista, disse: "Se Haddad tivesse sido reeleito prefeito de São Paulo, seria um grande candidato".

Folhapress
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe