Publicidade

Empresário acusado de envolvimento em fraudes a licitações no CE é preso no Rio

Após prender, na última quarta-feira (26), Pedro Felipe Monteiro, filho do ex-prefeito de Itarema, Benedito Monteiro dos Santos Filho, a Operação Carroça, que investiga a prática de crimes envolvendo o serviço de transporte escolar em diversos municípios do Interior do Estado, prendeu nesta sexta-feira (28) aquele que é considerado um dos líderes de todo o esquema criminoso que envolve fraudes em licitações. Trata-se do empresário Sócrates de Mesquita Abreu, capturado no Rio de Janeiro, para onde teria fugido após ter sua prisão preventiva decretada pela Justiça cearense.
Sócrates foi preso em uma ação conjunta dos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), dos Ministérios Públicos dos Estados do Ceará (MPCE) e do Rio de Janeiro (MPRJ). Nesta semana, o sogro do empresário, o advogado Carlos Eduardo Melo da Escóssia, também teve sua prisão preventiva decretada pela participação no esquema, que teria acontecido entre os anos de 2013 e 2015.
As novas denúncias apresentadas na ação são resultado de colaboração premiada firmada perante o MPCE. A partir dela, constatou-se que o núcleo administrativo do esquema fraudulento recebia, a título de propina, R$ 20 mil por mês, decorrentes dos contratos de transporte escolar.

Atuação do empresário
Segundo o MPCE, Sócrates era o proprietário das empresas S J Locação e Prestação de Serviços LTDA e Líder Prestação de Serviços EIRELI, e comandava o núcleo empresarial investigado na Operação Carroça, atuando, principalmente, em fraudes a licitações de transporte escolar e locações de veículos. O empresário foi encaminhado para a penitenciária de Bangu e, posteriormente, será transferido para o Ceará.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe