Polícia Federal fecha acordo de delação com Marcos Valério

A Polícia Federal fechou acordo de delação premiada com o operador do mensalão Marcos Valério Fernandes. No início do ano, a colaboração de Valério havia sido rejeitada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG). O acordo aguarda homologação do Supremo Tribunal Federal (STF), pois cita políticos com foro privilegiado, como o senador Aécio Neves (PSDB-MG).
A pedido da Polícia Federal, Valério foi transferido na última segunda-feira (17) para uma unidade da Associação de Proteção e Assistência a Condenados (Apac), em Sete Lagoas (MG). O juiz da Comarca de Contagem Wagner de Oliveira Cavalieri, que autorizou a transferência, explicou que a medida teve como objetivo “concluir procedimento de colaboração premiada sob análise do Supremo Tribunal Federal”. As informações são do jornal O Globo.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe