Sérgio Machado devolve R$ 25 milhões aos cofres da Transpetro

Um dos “delatores-bomba” da Operação Lava Jato, o empresário cearense Sérgio Machado devolveu 6 milhões de libras – cerca de R$ 25 milhões – para os cofres da estatal Transpetro. Subsidiária da Petrobras, a empresa pública foi administrada por Machado entre 2003 e 2014.
A informação é da coluna do jornalista Ancelo Gois, do jornal O Globo. Segundo o colunista, o repasse integra acordo de delação premiada de Machado e corresponderia a valores que ele admitiu ter desviado da estatal.
“É dinheiro roubado por Sérgio Machado, na época em que presidia a estatal, e que está sendo devolvido à empresa dentro do acordo de delação premiada do político peemedebista, muito ligado a Renan”, diz a coluna.
Considerado um dos operadores do senador Renan Calheiros (PMDB-RN) nos desvios da Petrobras, Machado fez acordo de delação premiada no ano passado. O depoimento causou grande impacto por incluir gravações com diversos membros da cúpula do PMDB articulando acordos para barrar as investigações da Lava Jato. Após delação, ele aguarda sentença para cumprir a prisão domiciliar em uma mansão em Fortaleza.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe