Sobral ocupa a 2ª posição entre cidades do futuro

O município de Sobral ficou na segunda posição entre pequenas cidades das Américas com melhor relação custo-eficácia, de acordo com o estudo "American Cities of The Future 2017/18". No ranking, Sobral ficou atrás apenas da cidade de Potosí, na Bolívia. E na quinta colocação da mesma lista ficou o município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. O estudo, divulgado em abril, foi feito pela fDi Intelligence, produzida pelo jornal inglês Financial Times.
Entre as dez melhores pequenas cidades listadas na categoria custo-eficácia estão ainda Sete Lagoas (MG), em quarto; Praia Grande (SP), em sétimo; Taubaté (SP), oitavo; Jaraguá do Sul (SC), nono; Sumaré (SP), décimo; além de Heredia (3º), na Costa Rica, e Neiva (6º), na Colômbia. A relação "Small Cities", compreende cidades com população entre 100 mil e 250 mil habitantes.
Entre grandes cidades, também na categoria custo-eficácia, Fortaleza ficou na oitava posição, atrás de Belém (6ª) e na frente de Manaus (9ª). O ranking analisa salários, preços de aluguel comercial, custo de eletricidade, custos de construção, taxas, impostos, dentre outros fatores.

Geral
No ranking geral, a primeira colocação ficou com a cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Das 10 cidades do futuro das Américas, cinco eram dos Estados Unidos, quatro do Canadá e uma do Brasil, São Paulo, que ficou na nona colocação.
De acordo com a publicação, enquanto Nova York tem o PIB mais alto de todos os locais pesquisados, e São Paulo, única cidade latino-americana a se classificar entre as 10 principais do futuro, recebeu o segundo maior número de projetos internos, com 470.

Metodologia
A revista analisou mais de 400 localidades para elaborar a relação das cidades americanas do futuro 2017-18. Os dados foram coletados levando-se em conta cinco fatores: Potencial Econômico, Amizade de Negócios, Capital Humano e Estilo de Vida, Eficácia de Custos e Conectividade. As cidades avaliados foram classificadas de acordo com a população.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe