Temer pode não resistir às próximas denúncias de Janot, prevê amigo do presidente

Gaudêncio Torquato, consultor político há 30 anos e amigo de Michel Temer, diz acreditar que o presidente consegue sobreviver à iminente votação na Câmara que pode levar ao seu afastamento, mas tem dúvidas se ele resistirá a novas denúncias.
“O grande teste será enfrentado por ocasião da votação da denúncia na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e no plenário. O governo tende a passar pelo primeiro teste, seja porque ele substituiu alguns dos deputados na comissão, seja porque ainda tem alguma força”, afirmou Torquato à BBC Brasil.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe