Letreiro com ‘Socorro, assalto’ pode virar item obrigatório em ônibus do país

O deputado federal Covatti Filho (PP-RS) apresentou um projeto de lei que pretende obrigar todas as empresas de ônibus do país a instalarem um dispositivo para funcionar como um alerta em caso de assalto, informa o colunista Lauro Jardim.
No projeto de lei fica estabelecido que "a segurança dos serviços de transporte rodoviário coletivo urbano ou de caráter urbano pressupõe, em casos de furto ou roubo, a divulgação no letreiro frontal dos veículos, do aviso ‘Socorro, assalto’, mediante comando de acesso restrito ao motorista e cobrador".
De acordo com o deputado, "é uma proposta simples, de fácil implantação e que pode colaborar para garantir mais segurança aos motoristas e passageiros". 
No Ceará, o deputado estadual Elmano Freitas (PT-CE) também já apresentou proposta no mesmo sentido. O parlamentar propôs que seja instalado um botão de emergência nos veículos de todas as empresas de transporte coletivo municipal e de transporte de valores, a fim de possibilitar a tomada de iniciativas contra a violência. O deputado justificou a medida diante o aumento no número de assaltos a ônibus por dia na Capital.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe