Maribondo com vinho vira receita para tratamento da chikungunya em Boa Viagem

Pode parecer estranho, mas tem gente em Boa Viagem, uma cidade do Sertão Central, se tratando da chikungunya,  uma arbovirose transmitida pela picada de fêmeas dos mosquitos Aedes Aegypti, com uma receita curiosa. Eles estão misturando vinho tinto com alguns maribondos e ingerindo o remédio caseiro. Quem está tomando o medicamento garante que não está sentindo mais os sintomas da doença, principalmente os mais desagradáveis, as dores articulares e musculares.
Quem estão utilizando a exótica receita são os mais idosos, como o aposentado Antônio Francisco de Sousa, conhecido como “Antônio Inácio”. Foi uma vizinha, Francisca Mendes de Sousa, 71 anos, conhecida como “Fransquinha”. quem lhe deu a dica. Não demorou muito e as dores desapareceram. Ambos puderam voltar a realizarem suas atividades normas. “Antônio Inácio” aos seus passeios pela cidade e “Fransquinha” a apanhar água no chafariz próximo da sua casa.
Além dos moradores o Diário do Nordeste ouviu o secretario de Saúde de Boa Viagem e profissionais farmacêuticos sobre a mistura do vinho tinto com maribondo. Todos respeitam a medina caseira, mas recomendo a procura a um médico e um farmacêutico como melhor foram de receber o tratamento adequando. Para o vinho com maribondo, alertam ainda não existirem estudos científicos que possam comprovar a sua eficácia ou se pode causar algum mal à saúde do paciente.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe