Morre aos 89 anos, a médica quiteriense Dra. Elita Andrade Medeiros

Faleceu na noite desta terça (01), em Fortaleza, aos 89 anos, a quiteriense Dra. Elita Maria Bezerra de Andrade Medeiros.
Filha do ex-prefeito Antônio Ernesto de Andrade e Maria de Lourdes Bezerra de Andrade, a médica e poetisa foi casada com o também médico Severino Medeiros, cuja união nasceram quatro filhos: Heraldo José, Fernanda Maria, Iolanda Maria e Cláudia Nadir.
Como médica, Dra. Elita foi a pioneira na saúde de Santa Quitéria, onde fixou residência em 1960 após concluir o curso de medicina em Fortaleza e passou a atender, principalmente, aos mais carentes, seja no extinto Hospital Maternidade Arsênia Augusta Magalhães, por ela fundado ou em sua própria clínica particular.
Na educação, teve forte papel com a fundação da Sociedade Particular de Assistência à Educação e do Instituto Maria Júlia Andrade, nos anos de 1966 e 1967, tornando o instituto como uma das principais referências escolares do município.
Na cultura, também foi uma grande referência, tendo fundado e presidido a Academia Quiteriense de Cultura e Artes, além de ser autora de crônicas, poemas e do livro “Minha Terra Minha Gente: em Pedaços de Minha vida”, onde narra os fatos que marcaram e fizeram parte de sua vida.
Dra. Elita também contribuiu para o engrandecimento social de Santa Quitéria, com a doação de terrenos para a construção de praças, cemitério, igrejas, centro de saúde; e o desenvolvimento de bairros.
O velório ocorrerá nesta quarta (02), a partir das 10h, em sua residência na Av. Cel. Manoel Alves, no centro de Santa Quitéria e a tarde, o sepultamento no cemitério local.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe