PMDB retira processo contra Agenor, Audic e Dra. Silvana

O PMDB retirou, nesta quarta-feira (30), o processo contra os deputados estaduais peemedebistas Agenor Neto, Audic Mota e Drª Silvana por agirem contra os interesses do partido. A medida atendeu a um pedido do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), que tenta unir a oposição para as Eleições 2018.
“Eu não esperava essa atitude dele (Eunício), me surpreendeu. Eu ia partir para a guerra, ia subir na tribuna todos os dias contra isso, mas com essa atitude eu não tenho mais do que reclamar, só tenho de reconhecer que ele teve uma atitude que apazigua, inclusive, a minha liderança. Eu entendi como uma bandeira branca”, afirmou Silvana.
Agenor Neto, Audic Mota e Drª Silvana vêm atuando na Assembleia Legislativa como “oposição-governista”, deputados que pertencem a partidos da oposição, mas agem em benefício do Governo do Estado.

Postura nacional
Por meio de nota, o PMDB alegou estar agindo segundo decisão adotada pelo PMDB Nacional, que arquivou representações na Comissão de Ética contra os deputados federais que votaram contra a orientação partidária na votação que barrou a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara dos Deputados.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe