Prefeituras e Câmaras: ‘’quem olha pra tudo, não vê nada’’, diz presidente do TCE

A fiscalização do dinheiro público das Prefeituras e das Câmaras Municipais do Ceará na mira do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Com a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios, TCM, caberá ao TCE apreciar as contas apresentadas pelos gestores municipais.
O presidente do TCE, conselheiro Edilberto Pontes, disse, nesta quinta-feira, em entrevista, que uma das prioridades nessa primeira fase de atividades é evitar que os processos por improbidade administrativa deixem de ser julgados e prescrevam.
Edilberto disse, ainda, que uma das maiores preocupações do TCE não é julgar contas e considerá-las irregulares, mas sim fazer um trabalho de prevenção que evite os erros e a má gestão do dinheiro do contribui. ‘’Quem olha pra tudo, não vê nada’’, disse Edilberto, ao falar sobre a fiscalização das contas das Prefeituras e câmaras Municipais.
O presidente do TCE destacou, também, que a fiscalização será feita com um sistema de gerenciamento de risco, identificando as áreas mais vulneráveis a irregularidades. Com esse sistema, com mais tecnologia, segundo Edilberto Pontes, a fiscalização pode ser mais eficiente dentro da visão de que, quanto mais eficiente o acompanhamento das contas, melhores resultados para a população.

Ceará Agora
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe