Publicidade

Quatro policiais são presos por extorsão em operação conjunta entre MP e CGD

Quatro policiais militares foram presos, na manhã desta terça-feira (1º) numa operação conjunta do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), do Ministério Público do Ceará (MPCE), com a Controladoria Geral de Disciplina (CGD) dos órgãos de segurança do Estado. O quarteto é investigado por extorquir traficantes e outros criminosos no exercício de suas funções, na área do 17º Batalhão, com sede no Conjunto Ceará, em Fortaleza.
Segundo o Ministério Público, a prática era cometida "reiteradamente". De acordo com o órgão, os sargentos Auricélio da Silva Araripe, Glaydson Eduardo Saraiva, Jeovane Moreira Araújo, e Rilmar Marques dos Santos, em companhia de um outro participante não policial, "foram flagrados abordando em uma viatura o veículo de um traficante na avenida Osório de Paiva, em Fortaleza, sequestrando-o com o fim de obter vantagem como condição do resgate", informou em nota.
O traficante portava entorpecentes e só foi libertado após pagar a quantia exigida pelos policiais militares. Além das prisões preventivas, foram cumpridos mandados de busca e apreensão emitidos pela Justiça Militar.
Os quatro sargentos já fizeram no Instituto Médico Legal (IML) e foram encaminhados ao Comando da Polícia Militar. Com eles foi apreendida uma quantia não divulgada em dinheiro, cuja origem não foi explicada pelos investigados. Os envolvidos devem responder a um procedimento disciplinar na CGD e podem ser demitidos dos cargos.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe