Após sentir dores na vesícula, detento morre na Cadeia Pública de Ipueiras

Um detento da Cadeia Pública de Ipueiras veio a óbito na noite desta quarta (13), dentro da própria unidade.
Luiz Amaro Feitosa Vieira, 24, natural de Catunda e residente no bairro Caixa d'Água, nesta cidade, estava preso há cerca de 1 ano naquela unidade, respondendo por assaltos em Tamboril e Ipueiras e também, a suspeita da autoria de um homicídio em Catunda.
Segundo a direção da Cadeia, há cerca de três meses, Luiz Amaro começou a sentir dores na vesícula, tendo sido atendido por um médico e recebido tratamento, no entanto, voltou a sentir dores nos últimos dias.
Nesta noite, o detento passou mal dentro da unidade, sendo encontrado desacordado pelos policiais, que o socorreram às pressas para o Hospital Otacílio Mota, porém, já deu entrada sem vida. No laudo, emitido pelo médico de plantão, uma lesão grave na vesícula foi a causa da morte.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe