Empresas que atuaram em Santa Quitéria e Hidrolândia são investigadas na Operação Fraternidade

A Polícia Federal no Ceará e a Controladoria Geral da União deflagraram nesta quarta (13), a Operação Fraternidade, para desarticular organização criminosa especializada em fraudes em licitação e no desvio de verbas públicas, com atuação em diversos municípios cearenses e em outros Estados.
Foram cumpridos 45 mandados judiciais expedidos pela 11ª Vara Federal de Fortaleza, sendo nove prisões temporárias, 24 buscas e apreensões, 12 de conduções coercitivas, além de sete mandados de intimação emitidos pela Autoridade Policial, totalizando 52 mandados.
O portal A Voz de Santa Quitéria divulgou logo cedo, na manhã desta quinta (14), a lista de investigados e em seguida, fez um levantamento do envolvimento de algumas destas empresas com Prefeituras da região.

G&C Transportes e Construções Eirelli – ME
A empresa recebeu o montante de R$ 4.728.085,62 da Prefeitura Municipal de Hidrolândia, para prestar o serviço de transporte escolar entre os anos de 2008 e 2014.

Ecotec Empresa de Construção e Terceirização LTDA – ME
A empresa recebeu o montante de R$ 1.299.547,09 da Prefeitura Municipal de Hidrolândia, para a construção de obras entre os anos de 2010 e 2014.

Garden Locadora e Prestadora de Serviços Eireli
A empresa recebeu o montante de R$ 360.000,00 da Prefeitura Municipal de Santa Quitéria, para a organização, produção, divulgação e realização da ExpoQuitéria 2013.

Gold Serviços e Construções Eireli
A empresa recebeu o montante de R$ 160.000,00 da Prefeitura Municipal de Santa Quitéria, para a promoção e realização da festa de aniversário de 154 anos do município.

Antônio Jerrivan Filho
Conforme divulgado pelo AVSQ, Jerrivan prestou serviços técnicos de planejamento e gestão às Secretarias Municipais de Santa Quitéria, tendo recebido o montante de R$ 116.700,00 entre os anos de 2014 e 2016.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe