Joesley Batista deixa carceragem da PF em SP e será transferido para Brasília

O dono da JBS, Joesley Batista, e o executivo do grupo Ricardo Saud deixaram, na manhã desta segunda-feira (11), a carceragem da Superintendência da Polícia Federal, na capital paulista, e seguem rumo ao aeroporto de Congonhas, onde serão transferidos para Brasília.
Os dois delatores se entregaram na tarde do domingo (10) à Polícia Federal, após o ministro relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, acatar pedido de prisão feito pela Procuradoria-Geral da República.

Estadão Conteúdo
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe